Arquivo da tag: fotografia

Foto na decoração

Decoração com fotografia. Projeto Francisco Cálio

Decoração é um assunto que pode tirar o sono de algumas pessoas. Principalmente sobre o que colocar em suas paredes, pois para uns, obras de arte não são atrativas. No entanto, para não ficar sem decoração, uma ideia muito legal é utilizar fotografias assinadas por profissionais, ou mesmo, algumas fotografias próprias. Mas tome cuidado quanto a resolução da sua foto, para garantir um quadro de qualidade.

Para áreas sociais use fotografias de lugares, objetos e seus ídolos preferidos para garantir um ambiente descolado.

Foto de ídolo na sala de jantar

Sala de jantar decorada com fotos de ídolos. Projeto Maria Fernando Piti

Mosaico de fotos na sala de estar

Sala de estar com mosaico de fotos. Projeto Luciana Teixeira

Foto em várias molduras

Uma foto em várias molduras. Projeto Miguel Capanema e Nathalia Santos

Para os quartos, você pode brincar com suas fotos, produzindo um mural diferenciado e garantindo uma decoração intimista e divertida.

Fotos em coração no quarto

Fotos dispostas em formato de coração no quarto

Fotos em varal

Varal de fotografias pessoais

Árvore com fotos de família

Decoração com fotos de família em árvore

Mapa com fotos das viagens

Fotografias das viagens feitas com mapa múndi

As imagens não precisam ser necessariamente penduradas nas paredes. Elas podem estar apenas apoiadas em aparadores ou móveis, deixando a decoração descontraída.

quarto com fotos apoiadas

Fotos apoiadas na cabeceira da cama

Fotos apoiadas em aparador

Quadros de fotos apoiados em aparador na sala de estar

Fonte: Casa Casada

Leia também: Dicas de como decorar com buffet ou aparador

O fotógrafo Manuel Pita descobriu sempre foi apaixonado por fotografia e por ciências. Dividido entre a escolha da sua profissão, estudou até se tornar Doutor em Inteligência artificial e Ciência Cognitiva. Foi aí que ele resolveu voltar a sua antiga paixão de fotografar. Sua especialidade são os cliques minimalistas e encantadores. Uma de suas séries se chama Debut e retrata solitárias casas em Portugal.

05

A coleção de imagens documenta casas que traduzem um estado de solidão existencial considerado saudável pelo fotógrafo. As casas aparecem, com suas fachadas vibrantes e simples, contornadas por um cristalino céu azul.

04

Venezuelano, a artista assina seus trabalhos sob o alter-ego de Sejkko, termo de origem japonesa que significa “criança sincera” ou “o poder da verdade”.

03

Quer acompanhar o trabalho do artista, siga @sejkko no Instagram. Ou acompanhe a página do artista sejkko.com.

08 02

01

A natureza é muito inspiradora. Suas cores, formas e movimento conceituam a moda, a arquitetura, o design e a fotografia. O olhar do fotógrafo Lorenzo Montezemolo capta a essência da noite, aproveitando-se da luz da lua e do nevoeiro.

02

Para realizar o trabalho, o fotografo subiu o topo do monte Tamalpais e aguardou que o nevoeiro cobrisse a paisagem. A técnica consiste em fotografar com um tempo elevado de exposição à luz. Cada foto leva cerca de 3 minutos. O resultado são essas imagens que mais parecem telas, com cores e texturas impressionantes.

03 04 05 06 07

 

O trabalho fotográfico de Jared Lim nos remete a observar o tecido arquitetônico de outra forma. Residente em Singapura, Lim aborda em suas imagens as fachadas e padrões rítmicos de construções em diversas metrópoles, de Frankfurt a Pequim.

01

 

O projeto se chama Urban Exploration e consiste em fotografias tiradas durante o curso de sua carreira relacionada com viagens. Como a maioria dos lugares que o fotografo visitou eram cidades grandes, a arquitetura é o tema predominante.

02
As imagens de Lim desconstroem a escala arquitetônica, explorando as superfícies mais comunicativas do edifício ao aproximar suas geometrias de uma observação afetiva, investigando as cores, composições, linhas e curvas nas relações dessa pele construída.

03

Sobre a busca de um olhar ritmado, o artista comenta que sempre amou geometria, desde criança. Mesmo quando era jovem, amava criar padrões e desenhos repetitivos na escola.

04 05 06 08