Arquivo da tag: arquitetura

É Inegável: o cinema é uma fonte inesgotável de inspiração. Capaz de ditar moda e até tendências em comportamento, a sétima arte reflete nas mais variadas áreas, e claro que a arquitetura e o design de interiores não poderiam ficar de fora. É o caso deste luxuoso apartamento em Saronno, na Itália, todinho inspirado no filme Ladrão de Casaca, de Alfred Hitchcock – um clássico de 1955, que teve Cary Grant e Grace Kelly como estrelas principais e venceu o Oscar de 1956 pela fotografia.

studio_catoir_saronno_living2_img_4393_rz

Criado pelos designers Elisa e Michael Catoir, do Studio Catoir, o apartamento tem as cores e estilos que remetem à atmosfera de suspense do clássico de Hitchcock.

studio_catoir_saronno_living1_img_3842_rz

O morador, um executivo de negócios que trabalha na indústria de iluminação, deu total liberdade à dupla de designers; apenas pediu atenção  ao conforto térmico da casa, já que os verões na região norte da Itália costumam ser intensos, assim como os invernos são gélidos.

studio_catoir_saronno_cary_bedroom_img_3551_rz

Repare que toda a estética vintage e a mobília dialogam muito bem com as peças do décor.

studio_catoir_saronno_sauna_lounge_img_4448_rz

Transbordando personalidade, o apartamento traz influências claras do filme, como a paleta de amarelo e azul, e o clima retrô.

studio_catoir_saronno_kitchen_img_4556_rzA aura sofisticada fica por conta dos espelhos, lustres e toques de dourado, para fazer menção às joias que no filme são roubadas por um homem cuja identidade surpreende.

studio_catoir_saronno_cary_bedroom_img_3534_rz

Como a criação de Hitchcock, cada detalhe prende a atenção e faz perder o fôlego.

01

Quando o assunto é arquitetura, os emirados árabes gostam de mostrar sua valorização estética. É de lá a construtora Kleindienst que apresenta os luxuosos iates flutuantes batizados de “cavalo-marinho”. São cerca de 40 unidades aquáticas já em fase de produção, com previsão de entrega em outubro deste ano.

02

 

As acomodações peculiares podem ser customizadas, colocando as áreas ao ar livre sobre o nível do mar ou superior, e elegendo acabamentos diversos para concluí-lo. Cada iate pode ser dividido em até três andares, com automação de uma casa inteligente. São compostos por sala de estar, sala de jantar, cozinha, mini bar, jacuzzi e quartos que podem ser adaptados ao gosto do comprador.

03

O grand finale é o andar submerso, onde as duas suítes têm vista para o fundo do mar com direito a jardim acoplado e também há um quarto no andar superior com vista para as estrelas. Vai ser difícil escolher onde passar a noite.

04

Acompanhar os Jogos Olímpicos, especialmente para que conseguiu estar presenta em alguma torcida, enaltece não somente o espírito esportivo, mas também agrada os olhar de quem aprecia arquitetura. Estádios e arenas que foram construídos para a edição carioca dos jogos.

01 Vista aérea do Parque Olímpico - Yasuyoshi Chiba - AFP
Vista aérea do Parque Olímpico (Yasuyoshi Chiba/AFP)

Para evitar a subutilização destes empreendimentos, algumas das arenas e estádios foram construídos com o conceito de arquitetura nômade, ou seja, que possa ser transportada para outro lugar assim que o evento deixar o país. A Arena do Futuro e o Estádio Aquático são dois exemplos dessa edição, o projeto do primeiro prevê que depois do fim dos Jogos Olímpicos, a estrutura seja desmontada e utilizada para a construção de quatro escolas municipais.

02 Arena do Futuro, no Parque Olímpic
Arena do Futuro, no Parque Olímpico – (Rio 2016/Divulgação)
A Arena do Futuro está sendo palco das partidas de handebol e Golbol, nas paraolimpíadas, ocupa mais de 35 mil metros quadrados no Parque Olímpico, construído na Barra da Tijuca. Seu telhado é feito de vigas metálicas e telhas e a sua estrutura modular metálica é o segredo que permite a adaptação das peças em diferentes situações e posterior desmontagem.

03 Arquitetura Nômade da Arena do Futuro
Arquitetura Nômade da Arena do Futuro (Foto: Rio 2016/Alex Ferro)
Também no Parque Olímpico acontecem as provas de piscinas, natação e polo aquático. O estádio Aquático foi revestido com uma reprodução da obra Celacanto da artista plástica Adriana Varejão. Após os jogos esta estrutura também será desmontada.

04
Entrada do Estádio Aquático (Rio 2016/Divulgação)
05 Interior do Estádio Aquático
Interior do Estádio Aquático (Rio 2016/Divulgação)
O Complexo Esportivo de Deodoro também abriga algumas arenas construídas para receber esportes como o hipismo, o tiro esportivo e o hóquei sobre a grama. O Centro Olímpico de Tiro já havia recebido partidas durante os jogos Pan Americanos e foi ampliado para receber o público das Olimpíadas, três vezes maior.

06 Centro Olímpico de Tiro – Foto - Leonardo Finotti

Centro Olímpico de Tiro – Foto/Imagem: Leonardo Finotti
07 Arena da Juventude no Parque Olímpico de Deodoro Foto - Leonardo Finotti
Arena da Juventude no Parque Olímpico de Deodoro Foto/Imagem: Leonardo Finotti
08 Arenas Cariocas – Foto - J. P. ENGELBRECHT
Arenas Cariocas – (Foto: J. P. ENGELBRECHT/Prefeitura do Rio)
As chamadas Arenas Cariocas formam no Parque Olímpico da Barra a maior instalação do local e foram planejadas pensando na economia de energia, tanto na captação de luz, quanto na ventilação do espaço. Durante os jogos, porém, o uso do ar condicionado é um exigência do COI, uma das arenas vai continuar com a função de ginásio poliesportivo depois do término dos Jogos. Os outros dois espaços vão virar um centro de treinamento para atletas de alto rendimento.

Encerramento

A cerimônia de encerramento das Olimpíadas 2016 acontece neste domingo, 21 de agosto de 2016, no estádio do Estádio do Maracanã. Assim como a festa de abertura, a cerimônia de encerramento dos jogos olímpicos também será dirigida por Fernando Meirelles, Daniela Thomas e Andrucha Waddginton e vai repetir o espírito ecológico da festa que marcou o início do evento.

Fonte

Quem alguma vez já se flagrou cantando com a Elis Regina os versos de Zé Rodrix…

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais

…vai se apaixonar por essa casinha, em Lagoa Santa, um município de Minas Gerais.

Casa Eugênia por Joao Diniz Arquitetura: Casas Moderno por JOAO DINIZ ARQUITETURA

Desenhada pelo arquiteto João Diniz em parceria com o artista plástico Jorge dos Anjos. A temática baseou-se nas cabanas primitivas, envolvida no clima das montanhas e sua natureza circundante. O desenho orgânico faz referência às informações do lugar. Desenvolvida em dois pavimentos, com vista para um belo lago, utiliza materiais tecnológicos em sua estrutura mista, como tubos metálicos e telhas metálicas termo acústicas. A cobertura da casa foi feita com a intenção de melhorar a ventilação interior. Sua forma chama a atenção e se define sobre 3 pilares de apoio angulares. A construção levanta a questão do ambiente, da forma e da sua relação com seu contexto.

Iluminada

Casa Eugênia por Joao Diniz Arquitetura: Casas Moderno por JOAO DINIZ ARQUITETURA

Com apenas 86 m² possui uma forma incomum e com desenhos inspirados nas histórias extraterrestres de Minas Gerais, oferece um conjunto de soluções modernas com uma aparência totalmente inovadora. As duas paredes laterais curvam-se para receber uma cobertura metálica branca, com função térmica e acústica. E o metal ainda é contraposto com uma iluminação quente e tons de terra, que oferecem acolhimento e calor à composição.

Por dentro

Casa Eugênia por Joao Diniz Arquitetura: Cozinhas Moderno por JOAO DINIZ ARQUITETURA

 

Integrado e harmonizado, o interior é rústico e combina materiais metálicos, madeira e pedra em diferentes texturas e cores. A luz abundante é o elemento principal, graças às grandes janelas que se estendem desde o piso até o andar superior. Desta forma, a área de refeições e cozinha foi desenhada sob um pé direito duplo que intensifica a luminosidade.

Casa Eugênia por Joao Diniz Arquitetura: Cozinhas Moderno por JOAO DINIZ ARQUITETURA

 

 

Casa Eugênia por Joao Diniz Arquitetura: Salas de estar Moderno por JOAO DINIZ ARQUITETURA
Casa Eugênia por Joao Diniz Arquitetura: Quartos Moderno por JOAO DINIZ ARQUITETURA