O fotógrafo Manuel Pita descobriu sempre foi apaixonado por fotografia e por ciências. Dividido entre a escolha da sua profissão, estudou até se tornar Doutor em Inteligência artificial e Ciência Cognitiva. Foi aí que ele resolveu voltar a sua antiga paixão de fotografar. Sua especialidade são os cliques minimalistas e encantadores. Uma de suas séries se chama Debut e retrata solitárias casas em Portugal.

05

A coleção de imagens documenta casas que traduzem um estado de solidão existencial considerado saudável pelo fotógrafo. As casas aparecem, com suas fachadas vibrantes e simples, contornadas por um cristalino céu azul.

04

Venezuelano, a artista assina seus trabalhos sob o alter-ego de Sejkko, termo de origem japonesa que significa “criança sincera” ou “o poder da verdade”.

03

Quer acompanhar o trabalho do artista, siga @sejkko no Instagram. Ou acompanhe a página do artista sejkko.com.

08 02

Conhecido por projetos de arranha-céus, igrejas e mansões, o arquiteto Pietro Belluschi seguiu um caminho diferente ao projetar uma simpática casa de apenas 22m². Em todos os seus trabalhos, fica evidente sua admiração pela arquitetura japonesa, com essência minimalista e zen, e pelo estilo de decoração escandinavo, que deixa os ambientes aconchegantes e alegres.

01Observe o tamanho do sofá. O essencial para obter conforto em ambientes pequenos é escolher móveis menores.

02

Tudo perfeitamente harmonizado!

03 04 05 06

 

Portas de correr são ótimas para integrar ambientes. Ainda: somam beleza e funcionalidade na hora de ampliar o espaço, melhorar a circulação e manter os moradores mais próximos. E ainda são uma ótima opção em lugares pequenos.

Conheça agora os materiais geralmente utilizados:

Madeira ou MDF

Madeira e MDF são os materiais prediletos nas portas de correr e se adequam a praticamente todos os ambientes, tanto para o banheiro, quarto, sala ou cozinha. O MDF só não é recomendado para a área externa, já que a umidade pode estragar o material. Além dos diferentes acabamentos e texturas que se adequam a diferentes necessidades, elas deixam o ambiente mais confortável.

01 madeira

Alumínio

As portas de alumínio, geralmente instaladas com vidro, são a melhor opção para ambientes externos, onde o material é resistente aos desgastes naturais como o vento, o calor e a umidade.

02 alumínio

Vidro

O vidro é outro material versátil que pode se adequar a escritórios, banheiros e outros cômodos. Seja mantendo a transparência ou com uma solução opaca para dar privacidade.

03 vidro

 

Vantagens de usar as portas de correr

Economia de espaço: uma porta tradicional requer um espaço definido para que seja aberta, com a porta de correr é possível ganhar este espaço. Como este modelo é fixado sobre um trilho, só é necessário o espaço para a porta deslizar, ideal para cômodos que tem uma parede extensa. As portas de correr também podem substituir as paredes de alvenaria que separam ambientes em apartamentos pequenos.


Flexibilidade, integração e privacidade: quando abertas, as portas de correr podem permitir a integração de ambientes, além de deixar o local com uma sensação de amplitude maior. Para os momentos mais íntimos, basta fechar a porta para esconder determinados cômodos.


Desvantagem

Isolamento acústico: a porta de correr não tem o mesmo tipo de vedação de uma porta tradicional, portanto é comum que o ruído de outro ambiente seja mais perceptível.

Fonte

Se você simpatiza com as bikes, mas sofre para conseguir guardá-la dentro de casa, algumas dicas. Pra ajudar, confira essas dicas de como guardar sua bicicleta em casa e deixar à mostra sua paixão pelas magrelas!

Estacione-as verticalmente. Basta encontrar algum pilar na parede e deixar as bicicletas suspensas. Além de não ocupar praticamente nenhum espaço útil, elas poderão servir de decoração. Só tome cuidado para não encostá-las nas paredes sempre no mesmo lugar e acabar deixando marcas.

bicicleta1
Instale suportes. Você não precisa de um pilar inteiro para pendurar a bicicleta. Muitas vezes apenas um suporte dá conta do recado. Em alguns espaços dá para colocar até mesmo no meio da sala, fazendo a bike parecer parte da decoração.

bicicleta2

Outra opção são as polias. Com elas você pode colocar a bike em um ponto mais alto, próximo ao teto. É uma opção para deixar a bike mais discreta e sem ocupar muito espaço. Dá um pouco de trabalho para instalar, mas facilita muito a vida na hora de pegar a bicicleta e sair por aí.

Suspenda próximo ao chão. Esse tipo de configuração fica bem em pequenas paredes sem muita coisa, com um design minimalista.

bicicleta4

Coloque-a no meio de uma mesa. Você pode pegar uma pequena mesa acoplada na parede e fazer um pequeno corte para encaixar a bicicleta. Não perderá a utilidade do objeto e ainda conseguirá ganhar um belo espaço.

Coloque embaixo da escada. Essa opção é especialmente interessante para casas com escadas espaçosas. É um jeito de ocupar um vão que muitas vezes é inutilizado. Basta usar um gancho para deixar a bicicleta de cabeça para baixo, pendurada pelas rodas.

Fonte