Arquivos da categoria: Jardim

As áreas externas da sua casa ou apartamento são um complemento agradável para todo o ambiente. Elas são perfeitas para curtir uma música, ler um livro ou reunir os amigos para bater um papo e se divertir. O conceito de um ambiente perfeito varia de acordo com cada pessoa, mas quando bem exploradas, as áreas externas agregam muito ao nosso bem estar, justamente por possibilitar uma conexão com o externo, a natureza e o ar livre.

Exemplo de varanda

Exemplo de varanda

A principal dica é investir na simplicidade. Em áreas externas a simplicidade pode realçar o sentimento de contato com o mundo exterior. Desta forma, uma decoração rústica ou minimalista cai muito bem, assim como o cultivo de plantas, flores e outros elementos orgânicos. Além de organizar um cantinho de descanso com um deck com redes, cadeiras, divãs ou puffs.

Exemplo de sacada

Exemplo de sacada

Não importa se o que você tem é uma varanda, uma sacada, um terraço ou um cantinho de lavanderia livre. Se conectar com a natureza é essencial, não importa onde.

Exemplo de terraço

Exemplo de terraço

Confira mais informações no Remobília

Como já visto em outro post no blog, decorar a casa/apartamento com flores pode trazer ainda mais vida para os ambientes. Mas quem não gosta muito das flores, pode optar por usar plantas no lugar. Ocupar o espaço com plantas traz diversos benefícios para a saúde dos residentes, deixa o espaço muito mais colorido e incorpora uma prática muito boa para o seu dia a dia. Cuidar das plantas em casa pode ser um vício do bem, terapêutico em sua essência e transforma o seu ambiente em um centro de paz de espírito para você, sua família e seus convidados.

No entanto, antes de comprar qualquer planta, pense se existe disponibilidade diária para a jardinagem durante a sua semana. As possibilidades de espécies para a sua casa se restringem ou crescem dependendo do tempo que você tem para cuidar delas. Além disso, é importante saber com que tipo de ambiente você está lidando. Luz solar, umidade, calor e frio são fatores determinantes para definir que espécies são bem vindas em sua residência.

Veja alguns exemplos que você pode utilizar:

 Árvore da Felicidade

O crescimento é lento e pode chegar até 2 metros de altura. É uma planta que precisa de luz natural durante o dia. A umidade do solo precisa estar sempre em dia, exigindo que ela seja regada regularmente.

Árvore da Felicidade

Árvore da Felicidade

 Zamioculca

Bastante adaptável para apartamentos, a Zamioculca não exige tanta luminosidade. Por outro lado, é uma planta com o crescimento lento. Para deixá-la ainda mais bonita, borrife gotinhas de água em suas folhas e cuide de seu crescimento com adubação e regas periódicas.

Planta Zamioculca

Planta Zamioculca

 Filodendro

No campo das espécies suspensas, o Filodendro é ótimo exemplo. Assim como muitas plantas pendentes, não demanda tanta atenção ainda que você tenha que se preocupar com sua rega diariamente. Você também pode optar por utilizar o Filodendro como trepadeira, escolhendo uma parede em que ele possa crescer saudável dessa forma.

Filodendro pendente

Filodendro pendente

 Bambu da Sorte

Ícone de prosperidade no Oriente. O Bambu da Sorte se dá bem longe da luz solar e pode ser regado de acordo com o seu julgamento quanto à terra ou água em que a planta está. Ótima opção para o seu apartamento e um grande aliado na decoração do seu ambiente.

Bambu da sorte

Bambu da sorte

 Camedórea-elegante

A camedórea-elegante é uma planta que se adapta melhor aos ambientes de pouca luminosidade natural ou até mesmo isentos de luz. Por essas características, acaba sendo uma espécie bastante inclinada à necessidade de uma irrigação mais consistente. Similar a uma palmeira, trata-se de uma planta que pode alcançar tamanhos mais altos, mas ainda assim ideais para apartamentos.

Camedórea-elegante

Camedórea-elegante

 Begônia

Comumente encontradas em tons de vermelho e rosa. Ela não gosta da luz solar, portanto é importante acomodá-la em um espaço com sombra durante todo o dia. Regue-a três vezes por semana sempre de olho se há abundância de água. Em caso de encharcamento, você pode perder a raiz da planta.

 

Begônia

Begônia

São inúmeras as possibilidades de plantas destinadas à decoração de ambientes. Mas mais importante que escolher a espécie ideal para o seu dia a dia, é entender exatamente como cuidar dessas plantas. Escolha um que realmente vai conseguir cuidar.

 

Fonte: Clique Arquitetura

 

Existe uma tendência em resgatar itens antigos de decoração. Muito provavelmente, pela necessidade de resgatar um estilo de vida mais simples, como mais lentidão e próximo a natureza. Com isso, uma das ideias que estão sendo retomadas é a de cultivar samambaias. Lembram delas? Separamos alguns ambientes inspiradores.

01 02 03 04 05 06 07

Para quem gosta de jardinagem mas não lida muito bem na hora de cuidar das plantinhas. Os cactos, assim como as suculentas, são uma ótima opção e não exigem muito trabalho. Seus espinhos, além de servir como defesa de animais herbívoros em solos selvagens, também servem para captar orvalho como fonte adicional de água em regiões muito áridas. A melhor parte é que eles gostam muito de luz e exigem poucas regas.

Com um sem número de variedades, os cactos são atraentes, bonitos e até carregam um certo carisma em suas diversas formas, cores e texturas. A diversidade de tamanhos também permite que os cactos sejam encaixados na decoração de quase todos os ambientes.

01 02 03 04 05