A arte dos edifícios abandonados

Jorien Kemerink lançou seu olhar artístico sobre edifícios abandonados e transformou seus detalhes em arte. A artista, que ao lado de Celine Waal Malefijt é fundadora do estúdio de design Knol, em Amsterdam, reproduziu cópias em látex de imagens de portas, paredes, janelas e outras partes dos prédios em uma exposição denominada Skinned.

O nome traduz o espírito da instalação, montada no instituto Sandberg. É como se a pele das construções tivesse sido preservada guardando na memória a alma daquilo que um dia foi concreto. A proposta do projeto é retratar a ligação emocional entre pessoas e lugares. O trabalho, segundo a artista, aproveita o látex que é aplicado em construções abandonadas para retirar o acúmulo de sujeira, ferrugem e outras intervenções e formam o desenho das peças.
Como o látex pode ser dobrado, guardado e reutilizado, Jorien pretende ampliar a instalação com detalhes de edifícios de diversas cidades do mundo.

Fotos: Corneel de Wilde e Rob’t Hart

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>