Arquivo mensais:setembro 2013

A primavera está dando as caras, cores e perfumes. Por isso, decidimos falar sobre jardins. O aroma das flores, o ar puro que a natureza proporciona, o contato com a terra, o sol, a água e o ar proporcionam bem-estar. Mantê-los em uma área da sua casa – grande ou pequena – além de proporcionar beleza, pode ser terapêutico. Para inspirar, separamos imagens de espaços bem românticos, que fogem do clássico e do organizado com a ornamentação presente em peças específicas para jardim, móveis e objetos de decoração antigos e até instrumentos musicais.

Se você gosta de cuidar do seu jardim, clique aqui e confira as dicas da Revista Casa e Jardim.

A harmonia de um ambiente é responsável pelo relacionamento das pessoas que vivem nele. A forma como decoramos nossa casa pode facilitar nosso convívio dentro dela. Com a proposta de resgatar o convívio familiar, a designer Fabia Masetto Turchetti criou a Sala de Almoço para a Casa Cor Campinas, com duas peças da De Lavie Decor. A mostra abre hoje a vai até o dia 3 de novembro, no Palácio do Bispo, uma casarão restaurado da década de 1950, instalado na área mais nobre da cidade, o alto da Nova Campinas.

O ambiente assinado por Fabia remete ao estilo francês, com piso laminado, papeis de parede, pratarias e iluminação embutida. A mesa redonda e o aparador Luís XV da De Lavie Decor completam o ambiente e a proposta da designer. “Os móveis De Lavie foram peças fundamentais para trazer esta linguagem. Ressaltando um ambiente confortável, gêneros, informal e convidativo”, frisa.

A Casa Cor Campinas conta com 36 espaços decorados, com mais de 50 profissionais envolvidos no intuito de contar a história de uma tradicional família campineira. A mostra espera receber este anos mais de 25 mil visitantes.

Caixas vermelhas com pequenas janelas de vidro, espalhadas pelas ruas. As charmosas cabines telefônicas inglesas foram criadas em 1920 por Sir Giles Gilbert Scott. Com o avanços da telefonia móvel ela vem perdendo sua funcionalidade. Para mantê-las nas ruas, algumas comunidades de Londres estão transformando-as em bibliotecas, galerias de arte ou quiosques para poemas. Além disso, elas inspiram diversos objetos decorativos.
A companhia de telefones queria acabar com elas, mas algumas comunidades deram-lhes novas funções. No Reino Unido, onde antes havia um telefone, há agora livros. Para não verem desaparecer das suas ruas as características cabines vermelhas, os britânicos optaram por adotá-las, transformado-às em bibliotecas como esta. Para levar um livro, basta deixar outro em seu lugar.

E porque não levá-las também para dentro de casa!? Confira alguns objetos de decoração inspirados na cabine.
Uma porta interna ficaria linda!
Esta adega é ótima para quem curte vinhos.
 Um bule cheio de classe.
Adesivos de parede são uma opção que fica bem em conta.
Detalhes da cultura inglesa também nas almofadas.
O espelho decorativo  quebra o branco deste ambiente.
Uma bela alternativa para guardar peças colecionáveis.
Exposta pelas paredes.
E, para finalizar, este sofá cheio de estilo.

Se continuarmos, este post se tornará infinito. Roupas, capas para celular, acessórios como brincos, colares e chaveiros e muitas outras peças são encontradas. A prova de que as cabines britânicas são realmente inspiradoras.